As nossas herdades

O projecto do Maior Olival de Portugal cresce dia após dia, mas neste momento já conta com 57 propriedades em 4 regiões de Portugal somando mais de 10.000 ha.

Os pólos estão situados em Ferreira do Alentejo, Campo Maior, Elvas e Aviz. O maior pólo, o de Ferreira do Alentejo, tem cerca de 3.400 ha e é lá que se situa o emblemático Lagar Oliveira da Serra, na Herdade do Marmelo.

Um maior conhecimento das potencialidades do olival aliado a novas técnicas agronómicas ditou o aparecimento da chamada "Nova era da Olivicultura" e com ela alteraram-se as paisagens dos novos olivais.

Venha visitar o Lagar Oliveira da Serra e conhecer o Maior Olival de Portugal, saiba mais em - Visita ao lagar.

As pessoas

Oliveira da Serra é uma marca do Grupo Sovena, uma empresa familiar de capital 100% português. Um dos nossos maiores activos são as pessoas. Centenas de colaboradores que contribuem todos os dias, nalguns casos há décadas, para o nosso crescimento. É precisamente esta família alargada que nos motiva a conseguir, com dedicação e empenho, cada garrafa do nosso azeite. Muito daquilo que somos deve-se a este espírito de entreajuda. O resto consegue-se com a ambição que nos inspira a fazer sempre mais e melhor.

Preservar o ambiente

Porque acreditamos na preservação da natureza, desde o cuidado do olival, ao lagar e às nossas fábricas, procuramos que os melhores azeites deixem uma pegada ecológica positiva.

É disso exemplo o cuidado que temos no nosso olival onde implementámos um sistema de rega gota a gota, apoiado por sondas próximas das raízes das nossas oliveiras, que permite fornecer com uma elevada precisão apenas a água necessária para o bom desenvolvimento, sem desperdício.

Oliveira da Serra com 10 milhões de oliveiras plantadas em Portugal tem um impacto ambiental positivo, sequestrando mais carbono do que aquele que produz.

Apanha da azeitona

Outono é sinónimo de apanha da azeitona e após um ano de trabalho, o maior olival de Portugal está preparado para mais uma campanha. Entre Outubro e Janeiro, cerca de 200 trabalhadores dedicam-se diariamente, nas diferentes fases do processo, desde a apanha até à operação do Lagar, para que seja possível levar até aos consumidores os melhores azeites Portugueses!